Sinopse:
 Com amor no coração... E com a morte na alma.
  Isabel se acha feia. Será mesmo? Feia ou não, ela é uma garota genial e acaba escrevendo lindo versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor.
   A morte da diretora da escola - terá sido mesmo suicídio? - vem alterar sua vida e precipitar os acontecimentos. Isabel foi testemunha de uma cena muito suspeita  e se sente ameaçada. A ideia da morte começa a tomar conta de seu cérebro, enquanto seu coração se despedaça pelo amor de Cristiano...

obs.: pode conter spoiler.

Tenho muito coisa pra falar desse livro. Antes de tudo gostaria de destacar dois pontos, para não parecer que estou sendo muito imparcial.
  Primeiro, eu não gosto de livros de romance, claro tem algum exceções (Nicholas Sparks...) e também não sou muito fã de livros brasileiros, mas isso se deve ao simples fato de não ter tanto acesso aos bons escritores, felizmente tive acesso a Pedro Bandeira, para me fazer repensar.
Já esclarecido estes dois fatos, A marca de uma lágrima, foi uma grata surpresa para mim, por que mesmo sendo um romance "água com açúcar"  e tendo um escritor brasileiro, o livro é realmente fascinante. É um daqueles livros "fofinhos" que deixamos na cabeceira da cama pra sempre reler, depois de livros longos e cansativos.
 O livro é bem curtinho, tem só 176 páginas (parece muito, mas não é), de uma narração leve, mas sem deixar de ser bem elaborada. Na verdade é uma narração bem típica de Pedro Bandeira, quem já leu outros livros dele como os da série Karas, vem entender bem o que estou falando... O mistério, e o jeito envolvente de narrar as cenas, e como ele consegue de modo quase mágico fazer você se apaixonar por seus livros.
  A história dar-se início quando Isabel é beijada durante uma festa por alguém que ela acredita ser seu primo, Cristiano, depois disso ela mergulha numa grande paixão arrebatadora, que ela  descobre não ser correspondida, e o pior... que sua grande amiga Rosana e seu grande amor se amam. A partir daí você pensa que é mais um daqueles clichês, cheio de cenas de indecisão e triângulos amorosos... e você decide continuar a ler sem nenhum comprometimento, e ver Isabel conseguindo não um amor, como ela queria, mas a amizade de Fernando, um menino que pra mim é super fofo, mas que pra Isabel é um baita pedra no sapato, que não para de segui-la em todo canto. Aí, você continua lendo e ver a pobre menina se envolvendo numa loucura, depois de sua amiga pedir para que ela, uma ótima escritora, escrevesse poemas de amor para Cristiano em seu nome (de Rosana), obviamente Isabel se aproveita disso para desabafar seu amor por seu príncipe encantado, tudo complica mais uma pouquinho ainda, quando seu primo a pede para faze o mesmo, só que pra Rosana. E aí... quando você acha que não pode mais acontecer nada ... um mistério. A diretora de sua escola se suicida, no entanto Isabel viu uma cena muito suspeita, que a faz acreditar que na verdade tenha sido uma assassinato. Mas quem mataria um diretora gordinha e inofensiva? Pra saber você tem que ler.
  Isabel é um daqueles personagens que grudam na sua mente, e que apesar de tudo não tem nada especial.  Ela uma garota com problemas em lidar com sua aparência, que se acha feia, e vive se comparando a melhor amiga Rosana. É também uma garota forte, que sempre tem uma boa resposta para tudo, mas que quando avançamos na leitura percebemos que essa "força" é na verdade um meio de esconder uma garota sensível e que se magoa facilmente. 
   Quando li o livro pela primeira vez, li sem nenhuma pretensão. Tinham me avisado que o fim ia ser surpreendente. Pra muitos realmente foi, entretanto, não sei se porque leio muito ou se porque assisto muita TV, sei lá, só sei que na verdade, eu já esperava. Mas obviamente diante de todos os meu comentários entusiasmados, você deve imaginar que isso não alterou em nada minha opinião do livro: Ele é muito bom! E se você gosta de poemas, vai gostar ainda mais, o livro está repleto deles.
 Recomendado, sem dúvida.
  

Comente com o Facebook:

Um Comentário

  1. Eu sou mega fã do livro e só de ler sua resenha fiquei com vontade de ler ele novamente >.<.
    Adorei sua resenha *-*

    Ana Valentina,

    ResponderExcluir