Sinopse: Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém. Agora A QUINTA ONDA está começando... Cassie está sozinha, fugindo dos Outros. Ela vive em um terra devastada, onde qualquer pessoas, até mesmo uma criança, pode ser o inimigo. Um inimigo que parece humano, que espreita em todos os lugares, pronto para aniquilar os últimos sobrevivenes. Permanecer sozinha é permanecer viva - Cassie acredita nisso até encontrar Evan Walker. Mas será que ela pode confiar nele? Será que ele pode ajudá-la a resgatar o irmão? Chegou o momento em que Cassie deve escolher entre a esperança ou o desespero, entre enfrentar os Outros ou se render ao seu destino, entre a vida ou a morte. Entre desistir ou lutar!
 obs.: pode conter spoiler.


 Sou fã dos livros da Fundamento e ponto.
  É sério, pelo menos até o momento todos os que comprei valeram a pena e não me arrependo de ter comprado nenhum. A 5ª onda é de cara o tipo de livro que eu gosto, além de ser da Fundamento, é distopia e não preciso nem falar que sou nerd de carteirinha daquelas apaixonadas por ficção científica e ataques extraterrestres, então quando bati o olho neste livro tive que comprar.
  Cassiopeia ou Cassie é nossa protagonista e como ela mesmo diz ela é comum, não tem nada incrível e não tem nenhuma habilidade especial, apesar disso Cassie ainda está viva e conseguiu sobreviver as quatro primeiras ondas... Ela, uma garota nada especial, está viva enquanto 97% da população já pereceu...
    Quando os Outros apareceram nada mais foi com antes. Eles não atacaram com raios partindo do céu, nem exigiram nada, foram quietos e silenciosos, simplesmente "estacionaram" a "nave"  no céu para que todos pudessem vê-los. As pessoas se dividiam sobre o que aconteceriam a seguir. Então veio a primeira onda, um pulso eletromagnético que desligou todas as luzes, carros, aviões e tudo movido a energia, motor e bateria, poucas pessoas morreram, cerca de meio milhão (o que não é nada se compararmos a população mundial...). Depois veio a segunda onda, tsunamis que varreram cidades e até países inteiros (NY, Sidney, Rio, Japão, Hong Kong, Londres...). A terceira onda: A Morte Vermelha, foi de longe a pior, as pessoas sangravam até morrer... 2/3 da população se foi. A quarta onda? O Silenciadores. Eram os Outros que infiltrados entre os sobreviventes tentavam exterminá-los. A quinta onda... Bem, ninguém sabia ao certo, mas Cassie tinha sua teoria...

  (...) Talvez seja esse o objetivo da 5ª Onda: atacar-nos do interior, transformando nossas mentes em armas.
  Talvez o último ser humano da Terra não morra de fome, de abandono, ou virando refeição de animais selvagens.
   Talvez o último a morrer seja morto pelo último a viver.

   Antes de tudo acontecer, Cassie tinha um único desejo, conquistar Ben Parrish, agora, depois dos Outros, Cassie encontra-se sozinha, em busca de seu irmão Sammy- seu único parente vivo -  que foi levado para um campo de de treinamento, e acredite salvá-lo dali não é uma tarefa nada fácil.  Nessa busca Cassie acaba sendo salva por  Evan Walker. Mas ela não sabia se podia confiar nele... A única coisa que podia confiar era em sua armas, uma M16 e uma Luger. Mas apesar de desconfiar de Evan, ele não é só apenas um fofo, mas também uma pessoa que podia ajuda-la em sua missão. Por mais quisesse não confiar nele, não conseguia odiá-lo.

  Sinto que esto me inclinando para ele, e que toda a vontade de lutar  está me abandonando. Não consigo decidir se ele está me impedindo ou se está me estimulando. (...) E, então, Evan Walker me beija.

 Quero ajuda-la - ele diz, e pela primeira vez enxergo verdadeiramente ira naqueles olhos de cachorrinho - Por que salvar Sammy também não pode ser meu objetivo?

 A narração é feita por mais de um personagem que vão se alternando em partes, são vários pontos de vista, mas a principal mesmo é Cassie, dá para notar, um vez que todos os outros personagens estão de certa forma ligados a ela. O legal mesmo é quando as historias começam a se cruzar...
   Preciso falar que AMEI a história? Tipo uma das melhores, ou por que não me arriscar a dizer MELHOR distopia que já li. Sim é um narração de fácil entendimento, e bem próxima do nosso quotidiano, o início é bem lentinho, mas não é de modo nenhum daqueles que vão se arrastando ou mesmo chato, na verdade tem muitas partes engraçadas, quando digo lento, é porque não acontece praticamente nada, mas somos apresentados a história e ao cenário (como tudo começou, o que aconteceu com Cassie e a família, coisas do passado dela...) E mesmo sendo assim, você não consegue desgrudar do livro em nenhum momento!
  E cada parte da história somo levados a pensar o que faríamos no lugar dela para sobreviver, e claro, para quem gosta de romance, tem também, mesmo que pouquinho, mas são super bonitinhas as cenas. Os personagens são muito bem construídos, são bem reais mesmo e há uma facilidade em se identificar com eles até porque são eles mesmo que narram a história.
    Outra coisa super positiva no livro: nada de ET's verdinhos. Se você pensa que vai ser assim pode deixar essa ideia de lado, nesse universo criado por Rick Yancey, nada é tradicional, achei muito criativo como ele pensou nisso tudo e como ele conseguiu deixar aquela sensação de "quero ler o próximo logo" (o livro é uma trilogia, o que me deixou triste por que já vai mais uma coleção... mas depois que terminei de ler fiquei muito feliz para ver o resto)
  Recomendadíssimo. Até para quem não curte essa de sci-fi, não tenho dúvidas de que vai agradar também. Por que? Porque, tipo o livro é genial! rsrsrs Gostei mesmo, acho que se lerem não vão se arrepender.
  Vou encerrar com esse quote que achei lindo, de Evan para Cassie:

 Antes de achar você, pensei que a única forma de me manter inteiro era encontrando algum motivo para viver. Não é assim. Para continuar inteiro, é preciso encontrar alguma coisa pela qual se está disposto a morrer. 

Comente com o Facebook:

12 Comentários

  1. Eu também tenho uma certa caída por ataques estra terrestre e distopias, rs...
    parabéns pelo blog e pela resenha.
    abraços!!!
    palavrapequenas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, flor! Sou muito fã mesmo de distopias, e parece que ultimamente essas histórias entraram muito na moda... rsrsrs
      Muito obrigada pela visitinha!
      Beijos!

      Excluir
  2. Confesso que distopias nunca foram meu forte. Adorei tua resenha, foi tão completa e profunda que acho que não vou dormir de noite '-'
    sério, fico muito impressionada com certas historias dos livros kkkkk
    http://www.valeuapenaesperar.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado da resenha! Que pena que vai perder sua noite de sono... rsrsrsrs
      Muito obrigada por sua visitinha, amore, volte sempre!

      Excluir
  3. Oi Meninas,
    tudo bem?
    Estou atrasada nos comentários por causa dos estudos.
    Eu gosto de distopias, não li muitas ainda não e não me arrependo de nenhuma delas. Realmente não conhecia essa, esse gênero nos deixa muito nervosos, geralmente tem muita ação. Pelos seus comentários, essa história é emocionante, imagine, ter medo de tudo e de todos e não poder confiar em ninguém?
    Boa indicação.
    Beijos,
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem sim, flor. Também ando meio atrapalhada nos comentários, estudando que nem louca para o vestibular... Como falei no incio do post sou muito fã da editora Fundamento e quando vi o livro, corri pra comprar, achei a história incrível e espero que tenha muito sucesso!
      Muito obrigada pela visitinha.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi tudo bom? vim te dizer que eu te indiquei a um selinho!
    http://paginasecapitulos.blogspot.com.br/2013/10/selo-versatile-blogger-award.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por lembrar do blog, já passei lá, só não vou responder porque já fiz essa TAG aqui, te deixei o link lá no teu blog, ok?
      Beijinhos!

      Excluir
  5. Eu tenho uma super queda por distopia, meu Deus do céu! Quando eu fizer sobre Never Sky, aposto que você vai gostar!

    Ótima resenha!
    To de volta, xD
    http://josyarr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que voltou, Josy! Já estava com saudade! rsrsrs
      Vou ficar esperando por sua resenha, e vou anotar o nome do livro aqui para poder ler depois!
      Beijinhos!

      Excluir
  6. Sempre que vejo um aviso de spoiler já corro logo, mas não deixo de comentar. rs

    Beijos,
    www.livrosqueinspiram.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha
      Obrigada pelo comentário, então! Só para te avisar o aviso de spoiler é só por precaução porque posso acabar deixando escapar sem querer, mas geralmente não tem não.
      Beijinhos!

      Excluir