Sinopse: A Verdade Se Tornará Lenda - Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.






   Distopias estão cada dia mais na "moda" e por mais que a gente tente não ler, vira e mexe acabamos nos esbarrando com ele, não é mesmo? Admito que tenho certa paixão por esse estilo de livro muito antes ainda de saber o que significava 'distopia' ou seja, costumo ser muito mais crítica com livros como Legend e acho que por isso ele me surpreendeu tanto, porque ultimamente nenhum livro chamou tanto minha atenção.
  Como toda distopia existem situações que obviamente já esperamos. Como governos déspotas, guerras e personagens fortes e heroicos. Tudo isso está presente em Legend, mas o que vai fazer o leitor se apaixonar pela trama e o que o diferencia das demais distopias está logo nos primeiros capítulos: Os pontos de vista.
  Ao contrário de livros como, por exemplo,  Jogos Vorazes, em que apenas vemos o lado sofrido e pobre, no livro da Marie Lu, podemos ver pelos olhos de quem vive dos dois lados.
  Primeiramente, conhecemos Day: Um garoto que tem o rosto estampado por toda cidade, um garoto malandro que vive na periferia e é o mais procurado pela República. Em seguida, conhecemos June: A provável futura "queridinha" da República e nascida na elite da cidade, esperta, sagaz, fria e calculista, todos sabem que ela tem um futuro promissor pela frente no exército. Os capítulos são narrados pelos dois, intercalando cada ponto de vista.
   E não pense que só porque June está aparentemente no lado "favorecido" da estória que vamos odiá-la. Não. Marie Lu consegue com eficiência nos mostrar como June foi criada nesse mundo e como às vezes não é tão fácil assim desconfiar de um sistema que lhe "criou" e lhe deu tudo. Como simplesmente acreditar que o menino que acabou de conhecer está mais certo do que sua família e seus amigos?
  Mas o grande destaque de Legend, sem dúvida, é Day. Logo no primeiro capitulo já estava totalmente envolvida! Day não é apenas simpático, mas é aquele tipo de herói que esperamos ver em todo tipo de livro que a gente lê. Ele é forte, destemido, e mesmo não tendo toda a técnica caprichada da June, ainda consegue fazer coisas surpreendentes.
   A história é narrada de uma forma dinâmica e rápida, mas sem deixar nenhum detalhe importante passar. Cada personagem, até mesmo os secundários acabam desenvolvendo papéis interessantes na trama toda.
  Gostei tanto, mais tanto que poderia passar horas aqui tentando te convencer a dar uma chancezinha para Legend, porque acredite, ele merece sua atenção. Um dos melhores livros que li em 2014.
 





Comente com o Facebook:

16 Comentários

  1. Oii ! Nossa, distopia tão na "moda" mesmo! Eu não costumo gostar, mas ... não conhecia esse e me interessei! haha
    Bjo
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Markus! Sério que vc não curte? Só meio viciada em distopias! rsrsrs Mas se algum dia pensar em ler algo do gênero, sugiro enfaticamente que comece por Legend.
      Abraços!

      Excluir
  2. No começo esse livro não me chamava atenção, mas depois de tantas resenhas positivas quero ler! RSRSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Devo ser mesmo a única que achei Legend mediano haha Já leu Mentes Sombrias? É uma distopia também, e eu curti muito! Beijos, Jú
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju! Acho que é sim, só vi comentários positivos até agora rsrs Não li Mentes Sombrias, mas se é distopia já está na minha lista! hahahaha
      Abraços!

      Excluir
  4. Eu não ouvi falar desse livro até hoje, seu blog foi o primeiro !! haha, lógico que amei né ? Gosto de livros assim, e a sua resenha me deixou super curiosa.

    Seu blog é muito amor, já disse isso ? Está cada dia melhor e o lay continua lindo. Parabéééns :3

    http://1001julietas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Legend ainda não é muito conhecido mesmo, mas como os direitos foram comprados, em breve vamos ouvir falar muito dele por aí! rsrsrs Que bom que gostou do lay *-*
      Abraços e obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Saudações Lady Eduarda!
    Ganhei esse livro num amigo oculto e ele será a minha próxima leitura, não sou fã de distopias, sofri graves desilusões com Jogos Vorazes e Divergente, mas TODAS as críticas que vejo dizem que Legend é melhor que ambas!

    Venha visitar o Castelo
    Att
    The Queen’s Castle, Ana P. Maia ♛
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações, minha rainha! Espero que goste da sua próxima leitura, por que eu gostei muito de Legend, algumas pessoas podem até querer me matar, mas gostei bem mais do que Divergente.
      Abraços!

      Excluir
  6. Ta querendo sofrer né? É o que vai acontecer com você ao começar a ler essa série, vai sofrer, chorar, tudo.
    É, vou parar por aqui pra não te assustar

    Beijos

    Tem sorteio de 1 ano no blog! Participe!
    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha Já tô sofrendo, acredite! Estou lendo Prodigy no momento e prevejo coisas ruins acontecendo... Sem falar os spoilers que li! Sofrendo por antecipação, sério!
      Abraços e obrigada pela visita!

      Excluir
  7. Oieee Meninas, tudo bom?
    Eu adoro distopias mas a únicas qual li foi "A Seleção" e "Jogos Vorazes" sou doido para ler essa trilogia da Marie mas ainda não tive coragem de comprar as vezes é o preço ou as vezes de sofrer HAUAHUAHAUAHAUHAUAHU Vou ver se consigo adquiri-lo rapidamente e sofrer junto com vocês HUAHAUAAUA

    Beeeijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luan! Também já li A Seleção e Jogos Vorazes, gostei dos dois de modos distintos. Mas Legend me surpreendeu positivamente, talvez porque eu não esperava muito dele.
      Abraços!

      Excluir
  8. Já faz um tempo que eu quero ler esse livro, mas fico enrolando com medo de ser só mais do mesmo entre as mil séries distópicas sendo lançadas desde o sucesso de Jogos Vorazes. Bom saber que este não é o caso, lerei sem receio agora!

    http://thefatunicorn.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Elisa! Não tem nada a ver com Jogos Vorazes, pode relaxar! rsrsrs
      Abraços e obrigada pela visita!

      Excluir