OBS.: Antes de prosseguir com o post gostaria de deixar uma notinha esclarecendo que tudo que vamos mostrar aqui são apenas semelhanças e de modo algum estamos acusando a Globo ou seja quem for de plágio (embora fosse muito interessante se ter uma explicação quanto a isso). O texto foi escrito com autorização do autor.

 Não assisto a Globo, não gosto de novela e nem desses programas que nunca mudam desde da minha infância, porém para quem não sabe, recentemente a Globo começou a exibir uma minissérie, chamada Amorteamo, que muito me chamou a atenção pelo figuro e um enredo diferente ambientado no recife.
  Admito que não cheguei a assistir a tal série, mesmo querendo muito, pois sou Pernambucana, e gosto de acompanhar histórias com  teor nordestino. Porém a pouco, um dúvida vem sendo levantada por alguns leitores dos livros Albertina e Minueto da Madrugada e pelo próprio autor Décio Gomes. Eles dizem que a nova minissérie mostra muitas semelhanças com o livro. Só para começar olha só essa imagem...



  Como fica muito difícil falar de algo que não li ou vi peguei alguns trechos do escritor pernambucano Décio falando das semelhanças entre as obras.

  "Em Amorteamo (roteiro e direção feitos por dois pernambucanos), temos um início movido por uma cena de traição, que gera uma morte e tece motivos que movimentarão a série. Esta traição ocorre sob o teto do casarão da família, o que gera uma "maldição" e um "peso" que vai se instaurar na casa a partir de então. E é aí, meus amigos, que começam as similaridades com Minueto da Madrugada: no livro de minha autoria, que foi lançado como um prelúdio para explicar fatos vistos em Albertine, uma traição também ocorre sob o teto do casarão da família, gerando uma maldição que vai acompanhar todos os membros daquele sangue pelo resto da vida. Esse fato, porém, ocorre de forma distinta nos dois títulos em questão: enquanto na série a traição ocorre através da esposa com um amante, no livro se dá através do patrão com uma empregada. Ora, não fosse o fato de que em AMORTEAMO a grande revelação do final do primeiro episódio fosse que o patrão, interpretado por Jackson Antunes, também teve relações íntimas com a empregada da casa. E como se ainda parecesse pouco: tal relação de patrão/empregada em MINUETO DA MADRUGADA gera uma criança, que futuramente vai causar in INCESTO INCONSCIENTE dentro da trama. E em AMORTEAMO, meus caros, essa é exatamente a revelação final do episódio de estreia: um incesto inconsciente causado pelo caso do patrão com a empregada. "

  Outras coincidências ocorrem... Como os personagens terem praticamente a mesma personalidade, que é o caso do senhor Joseph Ridell ( do livro) e o Patrão, personagem de Jackson Antunes na minissérie. Ambos tem negócios decadentes, frequenta bordéis, tem amantes e um relacionamento ruim com o filho. Que alias é outro personagem que também aparece nas duas tramas de formas bem idênticas apenas com nomes diferentes (Jeremy, no livro, e Gabriel, na série). A esposa de Joseph é mais uma nessa lista. Ela é causadora da maldição e uma mulher sinistra ligada à morte e à excentricidades, que mantêm o relacionamento com o marido apenas por aparência, surge na trama da série, com mesma personalidade, problemas com o marido e  também como responsável pela maldição.
 Na minha opinião: É sim a mesma história! O que muda são apenas os nomes! Até porque as "coincidências"ainda não terminaram.
 Como explicar que no inicio da série um novo padre chega a cidade, do mesmo modo que ocorre no livro? Ou um cena, um pequeno detalhe, onde Albertine mostra para Jeremy um caracol entre as mãos que na série se assemelha com Gabriel mostrando para Lena um pássaro morto entre as mãos.?Ou ainda o slogan que são praticamente o mesmo?

" Quem conhece os meus livros e tem Albertine em mãos pode conferir na traseira: POR ONDE SEGUIR QUANDO O AMOR E A MORTE CRUZAM O MESMO CAMINHO? Curioso é o slogan de Amorteamo ser também estranhamente similar: O AMOR OU A MORTE, QUAL DOS DOIS É O MAIS FORTE?"

  Conhecei o livro Albertine há pouco tempo, e logo entrou para minha lista de Urgência( livros que preciso ter urgentemente) e fiquei um pouco chateada com o que está acontecendo. Repito que não estamos acusando ninguém, até porque é fácil haver semelhanças no mundo artístico, apenas estamos demonstrando as semelhanças e claro aproveitando para divulgar o trabalho de Décio. Se a minissérie também está fazendo sucesso nada mais justo que o livro também seja reconhecido, independente de ter sido inspirado nele ou não.  Décio Gomes é o tipo de escritor que deve ser reconhecido, tenho certeza que suas obras são incríveis, e fico feliz em dizer que ele recebeu boas críticas por Albertine. Espero que logo, logo nós do MLW traga a resenha de seus livros. E que essas coincidências sejam explicadas...


 Livros de Décio Gomes


Vou deixar aqui os links para quem se interessou em conhecer os livros do Décio. No site dele também link para os contos. Corre lá ;)

ONDE ENCONTRAR O AUTOR:


           SITE | FAN PAGE FACEBOOK SKOOB


ONDE COMPRAR:

Comente com o Facebook:

15 Comentários

  1. Oii flor!
    Não sabia sobre isso o_O haha, nunca ouvi falar do livro, já vi as propagandas na globo e tive vontade em assistir, mas nunca cheguei ver por causa do horário, achei o post bem interessante :D
    Beijos
    www.doceliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda,
      Também não tinha ouvido falar no livro até esse final de semana, quando descobri o post do autor no facebook, agora está na minha lista de Urgência! kkkk
      Que bom que gostou do post ;)
      Abraços!

      Excluir
  2. Olá!
    Vi uma chamada dessa mini série no intervalo do canal, e confesso que apesar de não ter tido interesse quanto a estória, achei o nome bem diferente e me ficou martelando na cabeça, porque pode ser "amor te amo" tanto quanto "a morte amo", o que eu achei bem esquisito, haha!
    Achei sei post bem interessante, e confesso que achei as semelhanças muito "semelhantes" haha. Caso seja plágio, não será nem a primeiro e nem a última, pois a Globo já tem histórico nesse tema.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/05/resenha-agencia-de-investigacoes.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha Também reparei nisso Gustavo, criativo não?
      "Semelhantes" até demais, e com esse histórico da globo fica até difícil achar o contrário.
      Abraços!

      Excluir
  3. Não li esse livro, e vi apenas um episódio da série (que por sinal, é interessante). Mas se isso for mesmo "plágio", ou até mesmo uma adaptação, seria uma boa a Globo se manifestar!!
    Beijos

    www.notavelleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que deveria haver pelo uma nota explicando o caso. Se for, dar os devidos créditos, se não bola pra frente porque não é a primeira nem a última vez que ouviremos falar de coincidências.
      Abraços.

      Excluir
  4. Gente eu sou muito desatualizada com essa coisa de TV, não costumo assistir novelas e coisas do tipo. Meu negócio mesmo é filmes nos fds e seriados na tv a cabo. Por isso eu não tenho nem parâmetros para comparar nada aqui (hahaha). No entanto, com essa onda de livros virando filmes e seriados americanos, não é de se estranhar que no Brasil as novelas comecem a se inspirar em certos livros, porém a coisa fica muito melhor quando existe créditos nela.

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não assisto, na verdade sei da minissérie só porque fiquei um tempo sem TV a cabo... Se não fosse isso nunca teria ouvido falar dela porque não gosto de novelas. Entendo que não há nada mais natural do que adaptações, mas como você mesmo falou os créditos são importantíssimos.
      Abraços!

      Excluir
  5. OI Oi!
    Assim que vi a chamada de amorteamo fiquei doida para ver, mas infelizmente passa muito tarde e eu acordo muito cedo no sábado. Motivos pessoais a parte, achei a série bem parecida com as coisas de Tim Burton, principalmente com a Noiva Cadáver, mas agora conhecendo Albertinhe, MEU DEUS, preciso desse livro, quero demais.
    Adorei o texto que você fez, colocando as palavras do autor e comparando as cenas "semelhantes". Como minha mãe diz, nada se cria, tudo se copia...
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não assisti a série, fiquei curiosa justo por causa do tema sombrio, já que sou fã confessa de Tim Burton. Agora que conheci o livro já estou louca para adquirir o meu, só não já está na minha estante porque o dinheiro tá pouco T.T
      HAHAHA Sua mãe é sábia!
      Abraços!

      Excluir
  6. Oi linda, tudo bem?
    Faz tanto tempo que não vejo a globo que nem sabia dessa minissérie...rsrs
    Agora se as coisas realmente acontecem como o Décio falou realmente não é coincidência viu, tá parecendo plágio isso sim!
    Espero que tudo seja esclarecido...

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Olha eu não assisto muito a Globo, por isso não sei o que falar.
    Nunca ouvi falar dessa mini série também que estào dizendo ai nos comentários.
    Mas plágio sempre vai ter. Como tu disse, só muda os nomes e algumas coisas e já era.
    No SBT acontece muito disso (risos)
    Mas eu acho que é para ganhar audiência mesmo. Vai de cada uma.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-anna-e-o-beijo-frances.html

    ResponderExcluir
  8. Nossa que babado :o
    Não assisti a série por não assisti mais tv como antigamente e por te me esquecido mesmo.
    Gente essa capa ta muito igual, aliás tudo igual.
    Aguardando cenas do próximo capítulo pra ver onde isso vai dar


    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  9. To me sentindo meio n00b pq acho que nao conheço nenhum dos dois hahahahaha mas nossa, muito igual mesmo chocada :O

    ResponderExcluir
  10. Já vi alguns comercias de Amorteamo na globo, mas confesso que não me interessei, principalmente pelo horário. Mas que bom que adaptara de um livro, não é?

    Beijo!
    www.bonitapordentro.com

    ResponderExcluir