Título: O Chamado do Cuco
Autor: Robert Galbraith
Editora: Rocco
Lançamento: 2013
Páginas: 448

Sinopse: Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.





  O Chamado do Cuco me mostrou que um livro não precisa ter um grande enredo, para ser muito bom. Comprei ele bem na época em que ele estava parando o meio literário - quando todo mundo descobriu que, na verdade, Galbraith  era outro pseudônimo da J.K Rowling - e que se via resenha dele em tudo quanto era blog. Por isso e outros motivos (leia-se "Morte Súbita", sim eu não gostei de Morte Súbita)  não esperei muito dele, achei que era desses livros que faziam sucesso apenas por que o autor era bem famoso.
  Acontece que O Chamado do Cuco é um livro bem melhor do que eu achei que seria.


A história

  Lula Landry é uma modelo negra lindíssima, jovem, famosa e rica. Adotada ainda criança por uma família branca, ela teve tudo o que queria, ainda assim sentia-se incompreendida. Landry, também chamada de Cuckoo pelos mais próximos, era envolvida no mundo das drogas, das festas e tinha um namorado problemático, então quando ela apareceu morta não demorou para que a polícia associasse sua vida complicada a um suicídio. 
   Três meses depois o irmão de Lula aparece no escritório de Cormoran Strike alegando que a modelo tinha sido assassinada. Strike não vê motivo para iniciar uma investigação, mas diante do preço que lhe é oferecido ele aceita e junto com sua secretária temporária, Robin Ellacott, ele dá início ao trabalho.


Opinião

  Como sempre faço antes de resenhar um livro, procurei ver a opinião de outros blogueiros sobre o livro. Surpreendentemente, encontrei muitos que, ao contrário do que achei, não gostaram da obra.  
  Não é surpresa para ninguém que sou completamente apaixonada por livros de mistérios, crimes, polícias, detetives e interrogações, então resenhar sobre livros do gênero se tornam bem fáceis, uma vez que sei exatamente o que e o que não gostei.
   O Chamado do Cuco não é nenhum Sherlock Holmes, na verdade, não há nem como haver essas comparações. Mesmo pertencendo ao mesmo gênero, o livro de Galbraith é muito mais realista. A motivação do crime, as linhas de raciocínio. Não há revelações surpreendentes na trama - o que foi motivo da maioria das críticas - nem vilões com cérebros super evoluídos que pensam num plano mirabolante para nunca serem descobertos.
  O interessante é que justo essas características foi o que me fez gostar dele. O enredo, como disse lá em cima, não é o melhor, para alguns dá até impressão de que ficou incompleto ou que não foi bem trabalhado, mas para mim, passou a sensação de que simples é melhor. Sem enrolação.
   As investigações não são cenas seguidas por perseguição, nem tiram o fôlego. São como imagino que sejam na realidade: chato.  Cormoran faz e refaz as mesmas perguntas para pessoas diferentes, e cabe a você decidir quem parece mentir ou quem é sincero, simplesmente analisando os comportamentos. Me senti uma detetive!  A medida que avançamos é que vemos as peças se encaixando lentamente.
   No que se diz respeito aos personagens, a amizade de Robin e Cormoran tornam a história prazerosa. As cenas são divertidas e tiram um pouco da tensão do mistério. Ao mesmo tempo em que Cormoran mostra-se meio ranzinza e melancólico, Robin é cativante, tornando a dupla perfeita em se complementar.
  

 Conclusão

  É um livro que recomendo para todo mundo. Para quem não curte tanto o gênero e quer conhecer, é um livo sem complicações e direto. A narração também ajuda muito, pois é clara e direta sem deixar de ser primorosa. Para os que gostam do gênero é possível que não seja o melhor livro que você vai ler, mas certamente não é um livro ruim. Então, pessoalmente, recomendo muito.

Comente com o Facebook:

12 Comentários

  1. tenho muita vontade de ler esse livro, a premissa é ótima e sua resenha foi perfeita,
    bjus

    ResponderExcluir
  2. Oi, acredito que só eu ainda não li o livro ;-;, morro de vontade mas sempre bate aquela preguiça de começa, adorei sua resenha.
    Abraços
    litaralmentelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Arthur,
      Ainda dá tempo, né? rsrsrs Super recomendo ;)

      Excluir
  3. Respostas
    1. Bela você aqui? hahahaha
      Pois é, moça, conheço o seu blog! Muito bem vê-la por aqui, seja bem vinda!
      Também amo O Chamado do Cuco <3

      Excluir
  4. JK Rowling? jura?
    Eu não conhecia o livro, fiquei muito interessada, é meu gênero preferido, já quero ler
    http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que bom que você recomenda, tenho esse livro e ele estava encostado aqui por receio do que viria hahaha acho que posso tirar ele da estante pra ler, agora...

    ResponderExcluir
  6. Gente, que resenha linda!
    Eu já estava curiosa para ler esse livro, agora estou ainda mais. Porém, com o tempo tão escasso pra leitura, vai ficar meio dificil.
    Ah, seu blog é lindo!
    Bjs

    XGeek

    FanPage XGeek

    ResponderExcluir
  7. Esse livro da J.K me chamou muito atenção , principalemente por ter divulgado coo um livro escrito por um homem . Confesso que comecei a ler a serie de HP e gostei bastante , mas não me prendeu muuuuito, então tenho muita curiosidade de ler algo mais "adulto" da autor pra vê se me identifico.

    Beijos, Anna


    www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei do livro, apesar de não ser daqueles que tem grandes revelações. Quando li ele achei a história pessoal do Cormoran muito mais interessante do que o caso que ele estava investigando. Já li tbm o segundo, "O bicho-da-seda" que tem um enredo bem superior ao primeiro.

    http://reticenciasliterarias.blogspot.com.br/
    Página Facebook

    ResponderExcluir